quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Com mais de 2000 anos de existência, as tesouras continuam imprescindíveis em qualquer salão de beleza



Mesmo com o advento da era digital e os avanços na eletrônica e a robótica, as tesouras, uma das ferramentas mais antigas inventadas pelo ser humano, continuam sendo até hoje itens obrigatórios em todos os estabelecimentos de beleza em qualquer parte do mundo.

A origem das tesouras é tão antiga que os próprios historiadores discordam de forma significativa sobre o período em que teriam sido inventadas.

As primeiras versões, em formato de cisalhas, apareceram por volta do ano 400 a.C, sendo ajustadas aos dedos alguns séculos mais tarde, surgindo assim o formato das tesouras que prevalece até os dias atuais: duas peças cortantes unidas por um parafuso.

Com os avanços recentes da tecnologia, a produção de tesouras tem se automatizado, e ao aço vêm sendo acrescentados novos materiais, como o titânio e o carboneto de tungstênio. Mas uma coisa não tem mudado: as tesouras continuam com o mesmo formato básico e sendo manipuladas exatamente da mesma forma como era feito há 2000 atrás.

5 comentários:

  1. As tesouras são como a roda, uma das grandes invenções que a tecnologia tenta e tenta mas não consegue desbancar. Ambas existem até hoje, embora já tenha umas máquinas de corte de cabelo que fazem grande parte do trabalho das tesouras. Mesmo assim, elas continuam sendo grandes aliadas de cabeleireiras e barbeiros.

    ResponderExcluir
  2. Cada dia as tesouras vão ficando mais modernas e fáceis de trabalhar...

    ResponderExcluir
  3. Simmm. Hoje existem até as excelentes tesouras fio navalha e fio laser, que permitem cortes muito precisos nos cabelos, e são mais leves do que antigamente, têm melhor formato anatômico, e são lindas, de todas as cores... mas a essência continua a mesma até hoje: duas lâminas cortantes fixadas no meio por um pequeno parafuso. :)

    ResponderExcluir